terça-feira, 31 de julho de 2012

segunda-feira, 30 de julho de 2012

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Semana 100 filhos | Temporada 2 | Cap4

Tal como mandam-me mails com reticências ou dizem-me depois de uma discussão "já estás mais calma?!" ou o género intelectuais-snobs, chateia-me que os nomes de bares e afins, alegadamente trendys, tenham sempre um "K", "Lounge" ou "Spot".

É que Sandes de Couratos Lounge, Karacóis e Spot dos Pipis, de facto, não me fazem sentido nenhum.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Semana 100 filhos | Temporada 2 | Cap3

(Estou a achar um bocado parvo isto de fazer um "querido diário dos dias sem filhos", já rasando o "querido diário dos dias sem filhos, ai que grande maluca sou eu, que vida boa, blá, blá", mas paciência, agora comecei vou levar até ao fim. Também está quase a acabar)

Ontem, a entupir-me de sushi, contei a uma amiga que eu e outras amigas decidimos que vamos passar a ter a cabeça-de-homens-excepto-falar-de-bola pois ser mulher envelhece-nos, cansa-nos e irrita-nos sem nenhuma razão.

"Ahhh, Mas explica-me lá o que isso quer dizer?!"

"Então, ter a cabeça-de-homens-excepto-falar-de-bola é, por exemplo: lembras-te do título daquele teu post sobre as duas divas patetas da esquerda? O caminho é esse: ele manda uma sms e tu não especulas, não vais indagar, não vais ver ao Facebook dele e não vais ao google ver o que aquilo quer dizer.

No dia em que tiveres "cabeça-de-homens-excepto-falar-de-bola", vais poder dizer, com toda a propriedade, a um grupo de mulheres que naturalmente estará a dissecar, há uma hora, um sms de 10 caracteres de um date de uma delas: "Era só uma mensagem, estúpidas."

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Semana 100 filhos | Temporada 2 | Cap2

Um grande amigo está de regresso à terra para umas férias (note-se que vive a 20km) originando assim uma espécie de festa cigana com a ‘velha guarda’, permitindo-me concluir que Sintra é uma vila tão pequena e com tão pouco para se fazer que toda a gente já beijou toda a gente e toda a gente é muito amigo de toda a gente que já beijou, pelo que durante o jantar e a conversa de bar tivemos que desviar o assunto para o Relvas, o Facebook e o estado da nação pelo menos umas 350 vezes e à velocidade da luz, não vá toda a gente saber que toda a gente já beijou com toda a gente, com algumas confluências pelo meio.

Ah, e falando eu toda a gente:  Toda a gente tem uma alcunha menos eu. Ou se calhar tenho. Shit.

terça-feira, 24 de julho de 2012

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Fetiches

- Barba
- Que me façam rir
- Barba
- Que me façam rir

Agora ando assim, o que posso fazer?

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Vergonha

é as cabras da clínica "Não Mais Pêlo" meterem esta imagem no meu Facebook em pleno dia de anos.


segunda-feira, 16 de julho de 2012

Uma semana de férias com duas crianças

e a esmagadora maioria de diálogos acaba em:


Não.
Era o que faltava.
Nem pensar.


sexta-feira, 6 de julho de 2012

It's my party and I cry if I want to

It takes a long time to become young.
- Pablo Picasso

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Tinham-me ventilado

há uns largos meses mas o facto agora confirma-se: Foi o Relvas que montou o boneco Pedro Passos Coelho, não por abnegação, mas porque ele sabe que a sua figura, olhar velhaco e telhados de vidro nunca iriam ser terreno fértil para angariação de votos e simpatia nos eleitores.

Agora temos um Passos refém daquele homem que, na verdade, é que é o nosso Primeiro-ministro e que manipula o nosso governo e país, metendo a unha em tudo. Claro está que o PPC não corre a pontapé o Relvas, não por lapso, mas porque se “eu vou tu também vais”.

E é assim. O nosso sistema político é pautado e liderado pelos reais porreiraços que penduraram os cartazes de campanha às 4 da matina e que transformaram um tipo banal num Ken político, naquela do “epá o gajo tem que entrar páh, não te esqueças que o gajo angariou centenas de votos páh”.

O sabor amargo na boca é por demais pois vê-se e sente-se, na pele, que os tipos formatados para comandar e fazer crescer um país cometeram um erro crasso: não andaram de martelo e prego na mão a espetar cartazes, nem tão pouco têm jeito para projectar um extreme makeover. Talvez porque outros terão mais jeito para a coisa, ah, mas espera, esses não podem fazer isso porque hoje em dia são Ministros. Pelo amor de Deus…Ministros.

E Pronto.E assim somos todos reféns deste ser desprezível que é o Relvas, só porque o tipo montou o Pedro Passos Coelho. Pois montou. Montou e F***-o.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

terça-feira, 3 de julho de 2012

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Uma segunda feira

após um maravilhoso fim de semana consegue ser tão deprimente como as letras da Adele.